O que é melhor: proteção veicular ou seguro? Entenda tudo e faça a escolha certa!

Nesse artigo você vai ver a resposta sobre o que é melhor: proteção veicular ou seguro?

O prazer de dirigir o próprio carro é inegável.

Mas com a posse deste bem valioso, surge também a necessidade de protegê-lo contra eventualidades.

Ninguém quer passar por um acidente, colisão, ou ter o veículo roubado sem haver uma proteção que ampare contra esses imprevistos.

E aí, vem a questão: seguro ou proteção veicular? Qual a melhor opção para proteger o seu carro?

Se você está em busca da resposta, continue lendo este artigo.

Vamos te mostrar todos os detalhes sobre cada uma dessas formas de proteção e te ajudar a fazer a melhor escolha para a sua situação.

Entenda o que é proteção veicular e o que é o seguro auto

O primeiro ponto crucial para escolher a melhor opção para o seu veículo é entender as distinções fundamentais entre seguro auto e proteção veicular.

Embora ambos tenham como objetivo principal a proteção do seu veículo, eles funcionam de maneira bastante distinta.

O seguro auto é um contrato estabelecido entre você e uma empresa de seguros. Essa empresa assume a responsabilidade de indenizá-lo em caso de ocorrências específicas descritas na apólice, tais como roubo, furto, incêndio, colisões, entre outros.

Em troca, você paga um prêmio à seguradora, o qual é estabelecido com base em uma análise de risco do seu perfil e do seu veículo. Isto significa que o valor do seguro varia de acordo com fatores como idade do condutor, histórico de sinistros, modelo do veículo, local de residência e outros.

A proteção veicular também oferece cobertura para diversas situações adversas, incluindo roubo, furto, acidentes, colisões, indenizações a terceiros e fenômenos da natureza, entre outras. Porém, a principal diferença é que essa cobertura não é provida por uma empresa de seguros, mas sim por uma associação ou cooperativa sem fins lucrativos.

Ao optar pela proteção veicular, você não se torna cliente de uma empresa, mas sim associado de um coletivo, onde todos os membros possuem os mesmos direitos.

Para usufruir dos benefícios da proteção veicular, você contribui com um valor mensal para a associação que escolher. Esse valor pode chegar a ser até 40% mais econômico em comparação ao seguro auto tradicional, já que essas entidades são organizações sem fins lucrativos e visam o bem-estar coletivo acima do lucro.

Dessa forma, a proteção veicular se destaca como uma opção cada vez mais atraente para quem busca segurança para seu veículo de forma eficiente e econômica, combinando a tranquilidade de ter seu veículo protegido com a vantagem de um custo mais acessível.

Agora que você entendeu o que é proteção veicular e o seguro auto, veja as principais diferenças.

As diferenças entre seguro e proteção veicular e o que isso significa para você

Ao decidir entre seguro ou proteção veicular, as particularidades de cada um podem gerar algumas dúvidas.

Ambas são formas de proteção ao seu bem, mas operam sob modelos distintos e apresentam diferenças relevantes.

Entender as diferenças entre seguro e proteção veicular é fundamental para identificar qual opção melhor atende às suas necessidades e a proteção que você deseja no seu veículo.

Vamos explorar essas diferenças e analisar o que elas significam para você na prática.

A cobertura do seguro auto vs. proteção veicular

Ambos os serviços, seguro auto e proteção veicular, oferecem a segurança que o seu veículo precisa. No entanto, a natureza e a extensão da cobertura podem variar.

As seguradoras de automóveis oferecem uma ampla gama de coberturas que podem incluir roubo, furto, incêndio, danos resultantes de colisões, e danos a terceiros. Eles também podem adicionar alguns serviços adicionais, como assistência 24 horas, carro reserva, e cobertura para danos a vidros e lanternas. No entanto, esses adicionais costumam aumentar consideravelmente o prêmio do seguro.

Por outro lado, a proteção veicular, mesmo sendo geralmente mais simples, destaca-se pela eficácia e pelo custo-benefício. Ela também cobre situações de roubo, furto, colisão, danos a terceiros, entre outros.

Mas um diferencial importante é que, na proteção veicular, o valor da mensalidade já contempla a maioria dos benefícios, sem surpresas. Além disso, dependendo da associação, podem existir diversos serviços adicionais à disposição do associado, que vão desde assistência 24 horas, hospedagem, reboque, chaveiro, até clube de benefícios em lojas parceiras.

Assim, a proteção veicular destaca-se por sua cobertura efetiva e inclusiva, alinhada a um custo geralmente mais acessível.

Como é feita a adesão

A adesão ao seguro auto é realizada por meio de um contrato formal com a seguradora, após uma análise criteriosa do perfil do motorista e do veículo. Esta análise leva em conta fatores como idade, histórico de sinistros, tipo de veículo, entre outros.

Por outro lado, a adesão à proteção veicular é feita por meio de um termo de compromisso com a associação ou cooperativa. Esta adesão não envolve análise de perfil ou de risco. O critério básico é ser proprietário de um veículo e ter uma CNH.

A apólice e o contrato no seguro auto

No mundo dos seguros, a apólice é um termo bastante conhecido. Trata-se de um contrato formalizado entre a seguradora e o cliente. Este documento detalha os termos do seguro, os sinistros cobertos, os valores de indenização e as responsabilidades de ambas as partes.

A apólice é individual e personalizada de acordo com o perfil do segurado e do veículo. Aspectos como as condições de cobertura, as franquias, o valor do prêmio, entre outros, são definidos neste documento.

Imagine, por exemplo, que Carlos possui um seguro para seu carro, cuja apólice indica que ele tem cobertura para roubo, furto, incêndio, danos a terceiros e assistência 24 horas. Se o carro de Carlos for roubado, ele poderá solicitar a indenização à seguradora, que será paga conforme o valor estipulado na apólice.

O regulamento na proteção veicular

Já na proteção veicular, o termo de adesão equivalente à apólice no seguro automotivo é o regulamento. Este documento não é individualizado, mas sim um regulamento geral da associação, aplicável a todos os associados. Ele estabelece as regras para a cobertura dos danos e a forma como o fundo coletivo será utilizado.

Vamos usar o exemplo de Maria, que faz parte de uma associação de proteção veicular. Se o carro de Maria for danificado em um acidente, ela deve comunicar o sinistro à associação. Após a verificação dos fatos, a associação utiliza o fundo coletivo para reparar os danos do carro de Maria, de acordo com o estabelecido no regulamento.

Independentemente de optar pelo seguro auto ou pela proteção veicular, é imprescindível conhecer e entender os termos da apólice ou do regulamento. Este conhecimento é fundamental para estar ciente de seus direitos e obrigações, evitando surpresas indesejadas em caso de sinistro.

Análise de perfil e risco no seguro auto

Nas seguradoras, a análise de perfil e de risco é bastante aprofundada. Diversos fatores são levados em consideração para definir o valor do prêmio do seguro. Estes podem incluir a idade do motorista, o histórico de condução, a localização residencial e do trabalho, o uso do veículo (lazer, trabalho), o modelo e o ano do carro, entre outros.

Por exemplo, um motorista jovem, residente em uma grande cidade e que utiliza um carro de alto valor para se deslocar diariamente para o trabalho, tende a ter um prêmio de seguro mais elevado. Isso ocorre porque o risco associado a esse perfil é considerado alto, com maior probabilidade de ocorrerem sinistros.

Análise de perfil e risco na proteção veicular

No caso da proteção veicular, a análise de perfil e de risco é menos complexa e mais inclusiva. Em geral, as associações não diferenciam os associados com base em seu perfil ou risco. Isso significa que, independentemente da idade, do histórico de condução, do local de residência ou do tipo de carro, todos os membros pagam uma taxa mensal semelhante de acordo com seus veículos.

Isso é particularmente benéfico para motoristas que, segundo a análise de risco das seguradoras, pertencem a um grupo de alto risco e, portanto, teriam de pagar prêmios de seguro mais altos. Com a proteção veicular, esses motoristas podem proteger seu carro pagando uma taxa mensal acessível, independentemente do seu perfil.

Tomemos, por exemplo, Paula, que é uma motorista jovem que tirou a CNH recentemente e reside em uma metrópole. No seguro auto, provavelmente, ela pagaria um prêmio alto devido ao seu perfil de risco. No entanto, ao optar pela proteção veicular, ela pagaria uma taxa mensal significativamente mais econômica, que seria semelhante à dos outros associados, independentemente do seu perfil.

Como o nome do condutor e seu crédito é analisado no seguro auto

Outro aspecto importante é a avaliação do crédito.

No contexto do seguro auto, as seguradoras podem verificar a situação do nome do cliente no SPC e Serasa. A existência de negativações ou dívidas pendentes pode influenciar a decisão da seguradora de aceitar ou não a proposta de seguro.

Isso ocorre porque a seguradora pode interpretar a situação de crédito negativada como um potencial risco de inadimplência, o que pode dificultar a contratação do seguro. Por exemplo, se João pretende contratar um seguro auto, mas possui pendências no SPC e Serasa, a seguradora pode recusar sua proposta com base nessa informação ou até mesmo deixar o preço do seguro mais caro por causa do risco.

Como o nome do condutor e seu crédito é analisado na proteção veicular

No caso da proteção veicular, a análise do nome do condutor no SPC e Serasa não é um fator. As associações e cooperativas de proteção veicular são mais flexíveis em relação à situação de crédito dos associados.

Isso significa que mesmo que uma pessoa tenha o nome sujo e restrições no SPC e Serasa, ela ainda pode aderir à proteção veicular. Considerando o exemplo anterior, mesmo que João tenha dívidas no seu nome, ele pode se associar a uma cooperativa de proteção veicular e obter a proteção que seu veículo necessita sem qualquer impedimento ou mudança no valor da proteção.

Resumo das diferenças entre a proteção veicular e o seguro (e suas vantagens e desvantagens)

Seguro Auto Proteção Veicular
Cobertura Colisão, incêndio, roubo, danos a terceiros, entre outros, variando muito o preço de acordo com serviços. Colisão, incêndio, roubo, danos a terceiros, entre outros, com menor variação de preço de acordo com serviços.
Adesão Adesão mais criteriosa e burocrática, com inspeção e liberação de seguradora Adesão menos criteriosa e burocrática
Contrato Com base em apólice Com base em regulamento da associação
Análise de risco É feita uma análise criteriosa que influencia no preço do seguro Não é feita análise de risco. Deixando o preço mais acessível independente do perfil do condutor
Verificação SPC/Serasa É feita análise no SPC/Serasa. Pessoas com dívidas ou nome sujo no geral são impedidas ou pagam mais caro. Não é feita análise no SPC/Serasa. Pessoas com nome sujo pagam mesmo valor independente das dívidas
Preço No geral mais caro No geral mais barato

Então, o que é melhor: a proteção veicular ou seguro?

Ao chegar a este ponto, provavelmente, você está se perguntando: afinal, qual é a melhor opção para mim, o seguro auto ou a proteção veicular?

A resposta para essa pergunta depende, em grande parte, das suas necessidades individuais, do seu perfil e das suas preferências.

Se você é um motorista que valoriza a personalização de coberturas, prefere uma empresa regulamentada pela SUSEP e não se importa de pagar mais caro por isso, então o seguro auto pode ser a escolha certa para você.

Já se você é um motorista que busca um serviço mais econômico, menos burocrático e mais inclusivo, a proteção veicular pode ser a opção ideal para você. Isso é particularmente verdadeiro se você pertence a um grupo de alto risco, de acordo com a análise de perfil das seguradoras, ou se possui restrições de crédito, como o nome sujo.

Considere, por exemplo, que você é um motorista jovem, morador de uma grande cidade, que usa um carro popular para se deslocar diariamente para o trabalho. No seguro auto, você provavelmente enfrentaria um valor de seguro elevado. Mas, com a proteção veicular, você pagaria uma taxa mensal semelhante à dos demais associados, independente do seu perfil.

Além disso, a proteção veicular vale a pena e se destaca pela sua natureza democrática e coletiva. Ao optar por essa modalidade, você se torna parte de uma comunidade de associados que compartilham o objetivo comum de proteger seus veículos.

Outro ponto importante é que as cooperativas de proteção veicular costumam oferecer um atendimento mais próximo e pessoal, o que pode ser um grande diferencial para muitos motoristas.

Portanto, a escolha entre a proteção veicular ou seguro auto deve ser baseada em uma análise cuidadosa das suas necessidades, do seu perfil e das vantagens que cada serviço pode oferecer. E, não se esqueça, o mais importante é garantir a proteção do seu veículo e a sua tranquilidade.

Proteja seu carro até 40% mais barato que o seguro com a Innove: faça uma cotação agora!

Se você optou pela proteção veicular, temos uma ótima notícia! Com a Innove, você pode proteger seu carro por um preço até 40% menor do que o de um seguro auto tradicional.

Além disso, não fazemos análise no SPC ou Serasa. Toda a adesão acontece de forma simples e desburocratizada. Para saber mais, clique nesse link e faça uma cotação conosco.

Estamos ansiosos para te dar as boas-vindas como o próximo associado da Innove.

Garanta agora a melhor proteção veicular do Brasil e fique com a mente tranquila ao saber que seu veículo estará seguro 24h por dia em todo o país.

Conclusão

Proteger seu veículo é uma necessidade vital, e tanto o seguro auto quanto à proteção veicular oferecem maneiras eficazes de fazer isso.

Cada opção tem suas próprias vantagens e desvantagens, e a escolha entre elas deve se basear em suas necessidades e no que você valoriza mais.

Independentemente de escolher proteção veicular ou seguro, o mais importante é garantir que seu veículo esteja protegido.

A tranquilidade de entrar no carro todos os dias e saber que ele está seguro não tem preço. Portanto, faça a escolha certa e proteja seu veículo da melhor maneira possível.

Se você tiver qualquer dúvida a mais sobre como proteger seu carro da melhor forma, entre em contato conosco por essa página e um de nossos consultores irá responder e lhe ajudar.

Você sabia que também existe proteção veicular para motos e proteção veicular para motorista de aplicativos? Clique para saber mais e confira.

REDES SOCIAIS
APLICATIVO INNOVE
CONHEÇA NOSSAS UNIDADES
INNOVE CLUBE DE BENEFÍCIOS / CNPJ: 26.563.543/0001-00